Todo mundo sabe o que é venda direta. Quem nunca comprou um produto Avon, Natura, Mary Kay, Tupperware ou Herbalife? Todas essas empresas tem a venda direta como estratégia principal. Para você ter uma ideia as 100 maiores empresas de venda direta do mundo faturaram mais de 183 bilhões de dólares em 2015.
Mas não são apenas as empresas grandes que ganham, a ideia da venda direta é transformar qualquer pessoa interessada num “vendedor associado”. Sem vínculos empregatícios e a rigidez das relações de trabalho convencionais, a venda direta é ótima para quem quer:

  1. Iniciar um negócio com baixíssimo investimento;
  2. conseguir renda extra;
  3. ter maleabilidade nos horários de trabalhos e
  4. aproveitar seus contatos e relacionamentos do dia a dia.

Mas saiba que essa estratégias de vendas não é apenas para quem busca renda extra. Muitas pessoas tem desenvolvido carreiras sendo revendedoras de grandes marcas. Além disso, a venda direta tem se alinhado com as novas tendências do mercado de trabalho, como a autonomia, o trabalho em casa (home office) e o marketing digital. Se interessou? Então saiba mais sobre esse assunto tão intere$$ante.

O que é a venda direta

Quando falamos de grandes empresas e marcas, geralmente pensamos em uma empresa matriz distribuindo produtos para vários pontos comerciais, próprios ou de terceiros. Isso demanda um grande custo com empregados e aluguéis além de uma grande rede de relacionamentos e logística.

A venda direta torna tudo isso mais prático pois o revendedor torna-se uma espécie de parceiro, não estabelecendo vínculos empregatícios. O revendedor recebe apenas comissão pelas vendas, porém, com uma margem bem maior do que um vendedor assalariado. Além disso existe uma flexibilidade muito maior quanto aos horários e locais de trabalho.

Mas o mais importante da venda direta é sua capilaridade ou seja, a capacidade de alcançar clientes incomuns. Embora muitas pessoas gostem de ir até lojas e shoppings para comprar (ou ainda usar a internet) existe uma gama de pessoas que não são alcançadas desta forma. Por exemplo, pessoas que trabalham em horários incomuns, que possuem alguma dificuldade de sair de casa ou que simplesmente estão sem tempo para nada!

Outra vantagem é que a venda direta é uma venda de proximidade. Geralmente os contatos da revendedora são seus círculos próximos: família, amigos, colegas de trabalho, do condomínio, da academia, do curso etc. Isso aumenta a confiança daquele provável cliente, aumentando as chances de fazer a venda.

 

Mas a venda direta é boa para mim?

Como dissemos acima, a venda direta é um forma de trabalhar como revendedora de alguma marca, sem vínculos empregatícios. Ou seja, é preciso ter habilidades de venda e de gerenciamento.  Se você quer que a venda direta funcione, é preciso levar o seu negócio a sério. A maioria das pessoas usa da venda direta como renda extra, obtendo uma renda mais estável a partir de outro trabalho ou fonte.

Para quem busca renda extra, a venda direta pode ser uma ótima oportunidade. Como você mesma administra seu tempo, é possível conciliar seu trabalho com seus horários livres. Além disso, a venda direta pode servir para realizar aqueles seus objetivos para os quais é preciso guardar uma graninha (mas o mês termina e nunca sobra nada).

Na venda direta a revendedora precisa estocar pouquíssimos produtos, podendo trabalhar em casa (veja essas 10 dicas para montar seu home office). Além disso, com a onda do Marketing Digital, hoje é possível divulgar seu negócio de várias formas na internet.

A revendedora recebe apenas comissão por vendas, porém, as comissões costumam ser altas entre 20 e 50% de acordo com a margem do produto. Além disso, muitas marcas apostam no marketing de multinível, onde você indica novas pessoas interessadas em ser consultoras e obtém bonificação pelas vendas desta pessoa.

Para quem quer viver apenas de venda direta, é preciso mais atenção e planejamento. Mas saiba que muita gente se dá bem no ramo. No primeiro semestre de 2018, eu estive no 5o lugar do ranking das Líderes A SÓS. A Equipe Luxúria recebeu a bonificação de R$16.468,98. Porém, nossa equipe possui muita dedicação além de possuirmos uma formação e atualização constante.
Então, se você precisa de um trabalho flexível, com baixo custo inicial e possibilidades de crescimento, a venda direta pode ser sua opção. Seja como um novo emprego ou como a renda extra para conquistar aquela sua meta de consumo.

Saiba mais sobre venda direta

 

Se você quer saber sobre como se tornar um(a) consultor(a) A SÓS, acesse este link  e conheça a maior rede de marketing multinível de produtos eróticos.

Se quiser saber mais sobre vendas diretas na área do mercado erótico, leia o artigo 5 motivos para investir em formação para o mercado erótico.

Boas leituras!

 

QUERO SER CONSULTORA

Conheça melhor esta oportunidade.

Informe seus dados e entrarei em contato com você!